Websummit começa com Edward Snowden, falta de confetes, e imprensa enraivecida

Websummit começa com Edward Snowden, falta de confetes, e imprensa enraivecida

O Websummit começou este ano de uma forma um pouco diferente. Houve Edward Snowden, mas faltaram os confetes, e os media foram encostados a um canto.

Para quem esteve 3 horas a fazer a cobertura do evento de abertura não foi tarefa fácil. A entrada não foi imediata, e quando chegámos ao Centre Stage não havia condições para fazermos a cobertura do evento.

Protegida pelos voluntários, a frente do Centre Stage estava vedada. Os media ficavam de pé nas laterais e ali tinham de fotografar, editar e publicar as fotos. Uns mantiveram-se de pé, outros sentaram-se no chão a fazer a seleção das fotos e outros trabalhos de edição.

Após algum tempo foi impossível impedir a passagem. Mesmo com a ameaça de que seria chamada a segurança.

Os voluntários foram completamente atropelados. E nem a segurança conseguiu parar os media que tinham de fazer o seu trabalho.

Para terminar, a famosa chuva de confetes acabou por ser uma desilusão. O canhão estava tão fraco que os confetes nem chegaram às barreiras de frente de palco. Tanto aparado para nada. Fiz um slow-motion que apaguei de tão deprimente que estava.

No meio disto tudo, aqui ficam as fotos do evento de abertura.

Bem Vindos ao Websummit 2019.

Sharing is caring!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.