Provavelmente a Review mais real do Asus Zenbook Flip 360

Provavelmente a Review mais real do Asus Zenbook Flip 360

Esta não é uma review sobre especificações técnicas ou testes de software. Este artigo é o resultado de 4 dias árduos e de muito trabalho a utilizar o ZenBook Flip 360 enquanto fazia a cobertura do evento WebSummit.

Quando se lê um artigo de opinião sobre um computador, tablet ou qualquer outro tipo de aparelho numa revista, youtube ou tv, o artigo é feito com base em testes por software, design e alguns dias de uso em ambiente de escritório.

1ª Impressão

Num 1º contacto com o ZenBook Flip 360, os 1.3kg são muito leves quando se está habituado a carregar um portátil com 2kg. Eu particularmente achei que fosse mais pesado ou de maiores dimensões.

Também achei que iria carregar o ZenBook Flip 360 na mochila para poder andar mais rápido de um lado para o outro e até porque não iria conseguir trabalhar enquanto caminhava entre palcos. De facto, poucas foram as vezes em que guardei o ZenBook na mochila enquanto andava de um lado para o outro. De facto, as vezes que coloquei foi para poder tirar fotos, até porque não é fácil tirar fotos com as duas mãos e ainda ter de segurar um ZenBook.

Sobre o mousepad a minha ideia era de que não iria conseguir fazer as coisas de forma rápida do que se usasse um rato ótico. Na verdade, o facto de o ZenBook Flip 360 ser convertível e ter touch screen ajudou-me a poupar tempo e conseguir trabalhar sem ter de parar.

Mousepad

Quando se usa um laptop, mesmo em ambiente de escritório, existe um rato ótico adicional por forma a se poder trabalhar de forma mais rápida. Com o ZenBook Flip 360 não é preciso nenhum rato adicional na sua mesa de trabalho. Apenas precisa dos dedos. O ecrã táctil permite selecionar diretamente ícones e tabs no ecrã sem precisar de mover o ponteiro. Isto permite poupar muito tempo em vez de andar a arrastar o ponteiro de um lado para o outro do ecrã. Enquanto estive no WebSummit, esta questão fez toda a diferença permitindo-me trabalhar em qualquer lugar de forma muito mais rápida e eficiente. Para além disso, o mousepad tem ainda algumas funções que podemos encontrar no portátil Mac da Apple. 2 dedos para mover páginas para cima, para baixo e para os lados e 3 dedos para alternar entre janelas ativas.

Ranhura para Cartões SD

Quando o principal meio de fazer um registo fotográfico é através de uma camara fotográfica com cartão de memória SD, imploras para que o teu portátil tenha leitor de cartões SD. E o ZenBook Flip 360 tem! Em 1 minuto eu pude tirar o cartão da camara fotográfica, colocar no ZenBook Flip 360, abrir as fotos e começar de imediato a trabalhar. Mais rápido do que o meu portátil pessoal.

Design

Quando se é um Blogger, o design significa mais do que outros tipos de trabalhos. O ZenBook Flip 360 foi desde o início uma surpresa. O toque do alumínio e a cor brilhante fez-me sorrir. E eu devo confessar que eu sentia o meu ego aumentar cada vez que saía da mesa dos media a frente dos palcos e revirava o ecrã à frente dos jornalistas com os seus portáteis de grandes dimensões ou portáteis muito pequenos.

Ecrã

A qualidade do ecrã também foi uma surpresa. Eu já vi diversos tablets e ecrãs tácteis que pecam na qualidade de imagem do ecrã. O ZenBook Flip 360 não te deixa ficar mal em frente a ninguém. Dentro ou fora de casa, o ecrã dá uma imagem de excelente qualidade sem que te preocupes com quem está a ver contigo um vídeo por exemplo ou onde estás a ver.

Não é um portátil. É um ZenBook.

Esta foi uma aventura incrível que seria mais dura e difícil sem o ZenBook Flip 360. Se estás a pensar em arranjar uma ajuda para o teu trabalho, não escolhas um portátil. Escolhe um ZenBook.

Sharing is caring!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.